Menu

Saúde da Mulher

Gestação

A gestação é um período marcado por profundas mudanças físicas e psicológicas na vida da mulher. Ao mesmo tempo que nasce toda a mágica da concepção, da chegada de um novo ser, aparecem também os medos, as inseguranças, ansiedades e transformações físicas, trazendo desconfortos e limitações.

Durante esse período, o útero, em seu processo de crescimento, gera uma curvatura nos ossos e, principalmente, na lombar e no quadril. A coluna sofre o impacto causado pela expansão da barriga, levando a um rearranjo da musculatura.

Rafaela Rosa, além de fisioterapeuta especializada em saúde da mulher, é doula com ampla experiência. A doulagem e a fisioterapia na gestação oferecem recursos físicos e suporte emocional à nova mamãe, ajudando a prepará-la para o parto e pós parto, prevenindo, tratando e reabilitando possíveis disfunções, desconfortos, dores ou lesões.

 
 
 

Pré-parto

Nesse período o nosso principal foco é a prevenção. A partir de 12 semanas realizamos uma avaliação extensa, com o intuito de orientar e trilhar metas e objetivos, focando na melhor forma de lidar com todas as alterações hormonais e biomecânicas, priorizando o conforto físico e bem estar emocional.

 
 
 
 
 

Partodoulagem

Durante o parto oferecemos conforto, encorajamento, tranqüilidade, suporte emocional, físico e informativo.

Suporte emocional pela presença contínua durante o trabalho de parto. Medidas de conforto físico por meio de massagens, relaxamentos, técnicas de respiração, banhos ou sugestão de posições e movimentações que auxiliem o progresso do trabalho de parto e diminuição da dor e desconforto. Suporte informativo explicando os termos médicos e os procedimentos hospitalares. Também podemos atuar como uma ponte de comunicação entre a mulher, sua família e a equipe de atendimento, fazendo os contatos que a gestante desejar.

 
 
 
 
 

IMG-20170305-WA0003Pós-parto

O pós parto é o período mais complexo e longo na vida da mulher. E é geralmente para ele que ela menos se preparou. Além de todas as alterações hormonais, que podem ser ainda mais intensas que na gestação, os cuidados com o bebê, a amamentação e as noites em claro também exigirão muito do corpo e do emocional da mãe.

Surgem também as preocupações com o retorno do peso ou do corpo anterior à gravidez, o que pode causar angústias e ansiedades. A fisioterapia no pós parto busca amparar, dar suporte e soluções para essas questões.

Aqui podemos avaliar, diagnosticar e tratar o assoalho pélvico; avaliar e iniciara reabilitação da diástase abdominal; avaliar, readequar e orientar atividade física, respeitando as individualidades de cada caso; trabalhar na realinhamento do corpo e no  tratamento de dores, disfunções e desconfortos.

 
 

Uroginecologia

O assoalho pélvico é uma estrutura formada por 13 músculos, fáscias e ligamentos que está localizada entre o osso púbis e o cóccix (toda a região da bacia). Forma uma rede de sustentação para a bexiga, o reto, ânus e os órgãos reprodutivos. A musculatura do assoalho pélvico é responsável também pela contenção de urina, gases e fezes, pela função sexual e por permitir a passagem do bebê durante o parto.

Com o avançar da idade, o corpo vai perdendo naturalmente o tônus de sua musculatura, pois essa depende dos chamados hormônios esteroides (testosterona e estrogênio), que decaem com a idade. Na mulher a menopausa é o ponto culminante deste decaimento, quando os músculos do assoalho pélvico enfraquecem muito mais rapidamente.

Na sociedade moderna, fatores como stress, obesidade, procedimentos cirúrgicos, sedentarismo, tabagismo, maus hábitos alimentares, contaminações por metais pesados (poluição, cosméticos etc) e falta de consciência corporal (principalmente dessa região) agravam e aceleram o enfraquecimento dos músculos do assoalho pélvico. Com isso podem aparecer disfunções como dificuldades  sexuais, constipação intestinal, perda involuntária de gases, fezes ou urina, problemas de sustentação da bexiga, útero e/diminuição do reto, além de dor pélvica crônica.

Uma avaliação dos músculos dessa região deve ser realizada por um fisioterapeuta assim que algum dos sintomas acima for percebido e, sempre que possível, de maneira preventiva. É muito importante avaliar e trabalhar a musculatura antes de engravidar, durante e após a gestação, bem como na menopausa e na terceira idade, fases onde as alterações hormonais características aumentam a predisposição ao enfraquecimento do tônus muscular.

A partir da avaliação, cada pessoa será orientada a realizar exercícios específicos de consciência corporal e fortalecimento da região pélvica. O método Realign®, criado por Rafaela Rosa, trata exatamente disso, respeitando as individualidades biológicas e orientando e acompanhando cada caso.